Moradores reclamam de esgoto despejado no Rio Pirarara em Cacoal

Moradores que residem próximo ao Rio Pirarara, no perímetro urbano de Cacoal (RO), a 480 quilômetros de Porto Velho, reclamam de um esgoto que está sendo jogado no rio por uma tubulação destinada ao escoamento de água da chuva. Além da contaminação, a população local reclama do mau cheiro provocado pelo material transportado pelos dutos. O secretário municipal de Meio Ambiente disse que o problema deve ser resolvido ainda nesta semana.

Ao G1, o vendedor Carlos Roberto, que reside no cruzamento da Avenida Porto Velho com Rua Vinícius de Morais, no Bairro Jardim Clodoaldo, disse que há aproximadamente 90 dias um bueiro localizado na frente da casa dele virou motivo de preocupação devido ao odor produzido pelo esgoto que passa no local dia e noite.

“Esses bueiros e tubulações foram feitos para captar e transportar a água da chuva até o rio, porém o que está sendo transportados por eles são esgotos de residências. Com o período da seca, a situação piorou ainda mais, pois o cheiro está insuportável”, reclama.

Segundo o morador, ele já comunicou a prefeitura várias vezes sobre o problema. “No começo ano, eles (prefeitura) vieram e consertaram, mas depois de alguns meses o esgoto voltou a escorrer pela tubulação. Aí voltei a ligar para a Secretaria de Meio Ambiente e falaram que iriam olhar a situação. Como não apareceu ninguém, fui até a secretaria. Lá, tornaram a me dizer que o problema seria resolvido, com isso, estou até agora esperando por eles”, desabafa.

O servente de pedreiro Samuel Borichort mora na Avenida das Comunicações, ao lado do Rio Pirarara. De acordo com ele, a madrugada é o período em que o odor do esgoto mais o prejudica. “Quando levanto às 4h da manhã para me arrumar para o trabalho, o cheiro é tão forte que chega fazer mal para a gente”, aponta.

Samuel também lamenta o desrespeito por parte da população com o meio ambiente e com os próprios moradores da cidade. “Esse esgoto vem lá do centro e das regiões mais altas, onde são atendidos com a rede esgoto, mesmo assim alguns moradores preferem furar a tubulação para despejar o esgoto das casas deles nela, prejudicando o rio e a população que mora perto dele, como nós”, relata.

Há dois meses, Joaquim Mascarenhas montou uma banca de frutas na Avenida das Comunicações, próximo ao Pirarara. Ele conta que, desde que chegou ao local, nunca passou um dia sem ser sentir o mau cheiro do esgoto que cai no rio. “Rapaz, isso aqui não tem hora para cheirar mal. É o dia inteiro assim, e piora quando o vento vira para o lado da banca”, expõe.

G1 entrou em contato com o secretário municipal de Meio Ambiente, Leandro Chagas. Ele informou que não estava sabendo do problema, mas que o esgoto deve ser contido ainda nesta semana. “No começo do ano, fizemos um trabalho naquela região e tampamos os esgotos que escorriam nas tubulações. Mas agora não estava sabendo que tinham voltado a ser jogado no rio. Amanhã vou até o local averiguar a situação e informar o Serviço de Água e Esgoto de Cacoal (Saae) para fazer o reparo ainda nesta semana”, prometeu Leandro.

Fonte: G1