Mais de dez mil eleitores de Cacoal estão com títulos cancelados

O prazo para os eleitores regularizarem a situação junto a Justiça Eleitoral termina na próxima quarta-feira (9). Em Cacoal, mais de dez mil eleitores ainda não fizeram a revisão biométrica e por isso estão com os títulos cancelados. No município de Ministro Andreazza são pouco mais de mil eleitores que precisam fazer a biometria. Para atender o maior número possível de pessoas, o Cartório Eleitoral de Cacoal começou hoje (3) a atender durante todo o dia.

“Até a próxima quarta-feira, vamos atender das 7 h às 18 h sem intervalo para o almoço. Mas as senhas de atendimento serão distribuídas até as 16 horas. Para regularizar a situação o eleitor precisa apresentar documento pessoal e um comprovante de endereço”, disse a analista de cartório Mariângela de Rosso.

Os eleitores que perderem o prazo ficarão impedidos de votar nessas eleições e também não terão quitação eleitoral. A regularização só poderá ser feita após o pleito.

A Justiça Eleitoral informa ainda, que houve mudança em alguns locais de votação. Os eleitores de Cacoal, que votavam na Associação dos Produtores Rurais na linha 13 foram transferidos para a Comunidade Santo Antônio na linha 11.

“Também teve alteração na zona urbana, os eleitores que votavam na Comunidade Sagrada Família e na Escola Municipal José de Almeida agora vão voltar na Faculdade Fanorte. Esses eleitores se quiserem podem procurar o Fórum Eleitoral até o dia 9 de maio e optarem por outro colégio eleitoral”, explicou Mariângela.

O Cartório Eleitoral está localizado na Rua Anísio Serrão, Centro.

Fonte: Tribuna Popular