Moradores vilhenenses fazem denúncia de envenenamento de animais na cidade

A redação do Jornal Folha de Vilhena recebeu na tarde destaa quarta-feira (03 de julho) uma denúncia alertando para o fato de que havia uma grande incidência de morte de animais por envenenamento na rua onde os moradores residem.

(Foto: Ilustrativa)

Segundo Genir Rodrigues (48 anos), moradora do Bairro Jardim Eldorado, a ocorrência de morte de animais domésticos na rua onde reside tem sido alarmante. Somente da vilhenense foram mortos sete pets (quatro cachorros e três gatos), vítimas de envenenamento.

Além disso, outros vizinhos também tiveram seus animais mortos. Ela explicou em entrevista ao Folha que as mortes sempre acontecem no espaço de tempo entre a noite e quando Genir sai de casa. Nesses momentos, a suspeita é de que alguém vai até os bichinhos e alimente-os com comida envenenada.

Ainda não há afirmações, mas suspeita-se de que o horário é escolhido justamente por se tratar de um momento em que a grande maioria das veterinárias estão fechadas. Dessa forma, o atendimento para salvar a vida dos pets fica inviável.

Os moradores não fizeram registro de ocorrência, uma vez que provar qualquer informação é muito difícil quando eles não sabem quem poderia estar fazendo tal crueldade. Os acontecimentos fizeram com que a família de Genir desistisse de adotar os animaizinhos, por receio deles acabarem mortos também.

“Peço que se alguém souber quem poderia estar fazendo isso, denuncie. Comunique a gente, para que procuremos fazer alguma coisa para impedir isso. É revoltante quando você tem um animal de estimação, cuida tão bem dele, gasta com veterinário… aí um belo dia ele está lá morrendo sem que você não possa fazer nada”, ela finalizou.

 

Texto: Mizellen Amaral
Fonte: Folha de Vilhena
Foto: Ilustrativa