Digital influencer é presa com falso remédio natural que promete emagrecimento em Mato Grosso

 | Fonte: Olhar Direto

 

 

 

 

 

 

A digital influencer Paula Biazin, da cidade de Sorriso (a 397 quilômetros de Cuiabá), foi presa em flagrante, na manhã deste sábado (28), com produtos que prometem emagrecimento rápido. Em sua residência, foi cumprido um mandado de busca e apreensão e policiais civis encontraram três frascos do medicamento. Através do Instagram, com mais de 317 mil seguidores, ela fazia a propaganda do Moder Diet Gold – “extrato de ervas, maneira eficaz e segura de perder peso”.

Ao ser ouvida pelo delegado, a influencer afirmou desconhecer o conteúdo. “Porém, a nossa Legislação Penal prevê que o desconhecimento da lei não exime de culpa porque todos nós temos o dever de conhecer a nossa legislação, principalmente a penal. Ela [Paula] foi presa e autuada em flagrante”.

Na delegacia, o marido da influencer disse à imprensa que foram apreendidos apenas os produtos falsificados da versão original que é vendida, cuja origem era desconhecida. Ele chegou a garantir que faz uso do suposto medicamento, bem como a esposa e clientes, os quais, segundo ele, nunca apresentaram efeitos colaterais.

Paula foi encaminhada para audiência de custódia. “Por ser uma pessoa de boa índole, de bom status na sociedade e não ser adepta de práticas criminosas, acredito eu que ela seja liberada. Mas fica um alerta para a população que ao divulgar e vender o produto deve-se procurar saber sobre ele. Neste caso, algumas pessoas já tiveram efeitos colaterais, como alterações cardíacas”.

Na semana passada, uma quadrilha responsável por produzir o medicamento foi desmantelada em ação da Polícia Civil e do Ministério Público de Goiás. Uma reportagem chegou a ser veiculada no programa Fantástico, da rede Globo, relatando casos de mulheres que tiveram vários efeitos colaterais do produto vendido como natural.